“Instrumentos Mortais” Cassandra Clare

Primeiramente quero dizer que Instrumentos Mortais foi uma das melhores coisas que já li na minha vida.
Sabe aquelas histórias que grudam na sua cabeça? Então, essa é uma delas. Eu pensava nela o tempo todo. E eu meio que fiquei viciada em preto, quem conhece a história sabe porque, pensava nos personagens direto, e ficava preocupada em saber o que iria acontecer com eles.
Muito amor por essa história gente.

wpid-wp-1414519726323.jpeg

A saga foi escrita pela linda da Cassandra Clare, autora norte-americana, nascida em 1973. Ela começou a escrever o primeiro livro da série em 2004. A história contemporânea gira em torno de uma adolescente aparentemente comum, chamada Clarissa Fray.

wpid-wp-1414519732170.jpeg

O primeiro livro “Cidade dos Ossos”, fui publicado em 2007, e aqui no Brasil somente em 2010. Pra mim o primeiro é um dos melhores livros da saga, pois é ele quem dá abertura a esse mundo diferente que a Clary – a protagonista, vai conhecer. A trama começa quando Clary testemunha um assassinato numa boate, e as coisas ficam piores quando ela começa a ver um garoto loiro a seguindo e ninguém mais pode vê-lo além dela mesma.
Como eu li o livro depois de ver o filme eu já sabia basicamente a história toda do primeiro livro, mas como os filmes nunca trazem todas as informações, e ainda, as vezes trazer informações erradas, ler o livro foi uma descoberta, eu fiquei maravilhada com todo esse mundo dos caçadores de sombra. Já me apaixonei pelos personagens e como tudo é novo você fica curioso pra saber mais sobre o mundo do Caçadores de Sombras e afins.
Sem contar que o final do livro traz uma notícia pesaaada para os personagens, e eu quase morri do coração. Não tinha como não querer ler o segundo livro.

wpid-wp-1414519928607.jpeg

A continuação de “Cidade dos Ossos” foi lançada no Brasil em 2011, um ano depois do primeiro livro. Em “Cidade das Cinzas” Clary tem que se “adaptar” as descobertas que ela fez. Os personagens se envolvem de forma diferente nesse segundo livro, e há um mistério acontecendo em Nova York, jovens do Submundo estão morrendo e a causa é desconhecida.
Tinha partes que eu parava e pensava “Não, isso não pode estar acontecendo, mas e o fulano? Isso vai ficar assim mesmo?” haha. E em outras eu pensava “Isso é possível produção?”

wpid-wp-1414522883789.jpeg

O terceiro livro, “Cidade de Vidro” continua exatamente uma semana depois dos acontecidos finais do segundo livro. Novos personagens entram nessa parte da história, o que é um fato de bastante impacto para o desenrolar da história.
Esse com certeza foi o livro que quase me matou do coração, sem brincadeira nenhuma, pra mim é o MELHOR livro da saga inteira. Eu pirei lendo, a Cassandra Clare é maravilhosa, tem uma imaginação extraordinária. Tiveram partes que me deixaram realmente com medo, ela traz uma parte meio sombria e forte pra narrativa. Eu senti todos os sentimentos possíveis nesse livro, felicidade, raiva, ciúmes, esperança, amor, medo, ai fiquei sem esperança, curiosidade e afins. Parece que é o fim de tudo. É SENSASIONAL, mesmo.

wpid-wp-1414520006143.jpeg

 Assim como o livro anterior, “Cidade dos Anjos Caídos” continua a história exatamente após os ocorridos em “Cidade de Vidro”. A Cassandra continua narrando os fatos da história principal da saga, maaas o foco mesmo está no personagem Simon, o amigo de Clary.
Eu sinceramente não gostei muito desse livro, primeiro que ele fica muuuito dividido entre o Simon e o restante da história. Acho que a autora quis mais enrolar do que realmente trazer algo bom. Sem criticar o Simon, eu amo ele, (ao contrário de muita gente que conheço), mas acho que toda essa atenção nele foi meio desnecessária e deixou o livro cansativo e chato.
Mas mesmo assim eu tive vontade de continuar a ler o restante da série (o que algumas pessoas que conheço não fizeram), não tem como não querer ler o resto, porque só pra variar a Cassandra faz umas coisas que te deixam doidos, dá desespero.

wpid-wp-1414522849438.jpeg

O quinto livro, “Cidade das Almas Perdias” saiu no Brasil no ano passado. Clary vai ter que ser corajosa para salvar uma pessoa muito importante para ela, ou talvez não. TAM TAM! O livro vai ter um cenário diferente, e tanto a protagonista quanto o vilão estão bem conectados, o que é bem tenso.
Eu comecei a gostar do vilão nesse livro, posso parecer louca, mas é verdade, eu meio que o entendi, mesmo ele sendo um puto e fazendo um monte de coisas ruins (como todo vilão de qualquer história), eu aprendi a gostar dele.
No final a Clary toma uma decisão muito significativa, o que arrancou meu coração pra fora do peito, mas eu entendi o porquê ela o fez.

wpid-wp-1414520052318.jpeg

Lançado no Brasil esse ano, o que quase me deixou doida porque eu PRECISAVA terminar essa história, eu esperei muito para ele ser lançado, “Cidade do Fogo Celestial” é o sexto e último livro da saga Instrumentos Mortais. 

Pausa para depressão literária. 

Esse livro também está entre os meus favoritos da série, (lembrando que os outros dois são “Cidade dos Ossos” e “Cidade de Vidro”). E como em todo último livro, todas as questões vão ser solucionadas, por meios bons ou ruins. Há mortes e muita confusão. Nesse livro também são introduzidos novos personagens, o que tem relação com toda a história desse mundo criado pela Cassandra Clare, não só de Instrumentos Mortais.
Eu amei o livro, achei o final muito bom, mesmo me decepcionando com o destino de alguns personagens.

Muita gente fica comparando Instrumentos Mortais com outras séries e sagas, dizendo que uma é melhor que a outra, ou que tratam das mesmas coisas. Não tem nada com nada isso.
Algumas obras que surgem nessa discussão são: Harry Potter, Crepúsculo e Jogos Vorazes. Não faz sentido isso, primeiro porque HP é uma saga sobre bruxos, uma história de ficção e fantasia. Crepúsculo é um romance. E Jogos Vorazes é uma distopia. A história da Cassandra é algo novo, fala de um mundo completamente diferentes das obras citadas a cima. Pra mim nenhuma é melhor ou pior do que a outra, (lógico, você pode preferir uma mais do que a outra, mas isso é diferente), cada uma trata de um assunto especifico. Eu AMO Jogos Vorazes, estou começando a amar Harry Potter, AMO Crepúsculo e AMO Instrumentos Mortais.
Então gente, por favor, sem pré conceitos com essas histórias, não fiquem comparando-as umas com as outras. Só aproveitem o que cada uma pode trazer de bom pra você.

Bom, acho que nem preciso dizer que aconselho a leitura pra vocês né. Acredito que muitas pessoas vão se apaixonar pelos personagens assim como eu, que vão classificar essa história como uma das melhores já lidas, que vão querer ler todos os livros de novo.
Espero que tenham gostado!

…e quem já leu ou tem alguma opinião sobre, só comentar aqui em baixo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s