TAG: Meu Gosto Musical

Oláa pessoas!!.

Eu sei, faz meses que não apareço aqui no blog, mil desculpas.. mas decidi voltar. Então resolvi responder uma TAG tranquilinha aqui.

 

1: Qual seu estilo musical preferido?

Eu não tenho UM estilo preferido. Gosto de bastante coisa, cresci ouvindo vários tipos de música, minha mãe curtia Elvis, Tina Tuner e Roxette, meu pai sempre ouviu AC/DC, Scorpions, Led Zeppelin, Rush, Deep Purple, Black Sabbath e etc, meu avô escutava forró, minha avó Zezé de Camargo e Luciano, minha madrinha escutava muito MPB e samba, minha tia curtia eletrônica, e minha prima gostava de axé e funk… então acreditem, eu ouvia muita coisa,  mas acho que os estilos que mais gosto são pop e rock.

 

2: Qual o seu cantor ou banda preferido?

Também não tenho um favorito, já que gosto de tantos hihi.  Mas gosto muuuito de Ed Sheeran, Linkin Park, Nickelback, Pearl Jam …. e por ai vai.

 
3: Qual estilo musical você menos gosta?

Acredito que sertanejo, não tenho nada contra, mas é o estilo que menos me identifico. Só escuto quando estou em festas ou barzinho. Mas nunca paro em casa pra ouvir, ou sei de quem são as músicas.

 

4: Cite uma música que te faz chorar.

Nossa.. são bastante viu hahaha, mas acho que uma música que mais me faz chorar nos dias de hoje é “Espumas ao vento”, porque lembro do meu avô. É simplesmente inevitável, se a música tocar eu vou chorar.

 
5: Cite uma música que marcou algum momento da sua vida.

Here Without You, do 3 Doors Down. (muito amor por essa música)

 

6: Qual música você está ouvindo muito ultimamente?

Acho que “Castle in the Snow” do The Avener, Kadebostany, e “Black”, do Pearl Jam.

 

7: Cite 03 artistas que você gostaria de assistir um show.

Nickelback, Beyoncé e Ed Sheeran.

 

8: Qual música lembra a sua infância?

Putz… acho que as música antigas da minha mãe. Porque ela limpava a casa ouvindo música alta, então marcou muito a minha infância.
9: Qual música melhora o seu humor?

Músicas do Ed Sheeran e do Nickelback… elas me deixam mais calma.

 
10: Qual o seu filme preferido em questão de trilha sonora?

Confesso que não sou o tipo de pessoa que presta atenção nesse tipo de coisa. Então não sei que filme escolheria.

 

11: Que tipo de música você gosta de ouvir quando está triste?

Rock, com certeza rock.

 
12: Em qual momento você mais ouve música?

Quando estou no carro com meu namorado, ou quando estou limpando a casa!

 
13: Qual música você gosta de cantar em voz alta?

Haaaa, são tantas. Posso fazer uma lista??! hahahaha

 

 

….e essa foi a TAG de hoje, espero que tenham gostado.

Beijinhos e até a próxima!. (que será em breve, eu prometo)

Anúncios

Maratona Literária de Inverno 2015 | Geek Freak.

Hey pessoas

 

Estou aqui hoje pra falar pra vocês que vou participar da Maratona Literária de Inverno do Geek Freak, yeaah !.

Eu fiquei beeem indecisa se iria fazer parte ou não, mas minhas amigas falaram que vão participar, então fiquei motivada e decidi enfrentar esse desafio, ou pelo menos tentar né, hahahaha! Ai já aproveitei e convenci minha irmã também ;D

wpid-wp-1435787958021.jpeg

 

Bom, pra quem não sabe do que estou falando, vou explicar tudo direitinho aqui.

A Maratona Literária de Inverno 2015 foi criada pelo Vitor do canal Geek Freak, e consiste em um desafio de LEITURA INTENSA durante o período de um mês (de 06 de Julho a 03 de Agosto). Durante esse mês, todos os participantes tem ai um objetivo de ler uma quantia maior de livros do que estão acostumados normalmente. Ao longo da Maratona, a interação com os inscritos será feita através das redes sociais Facebook, Twitter e Youtube do Geek Freak.

 

Para participar, o primeiro passo é se inscrever na Marotona, no link que segue abaixo (até dia 3 de Julho pessoal)

Formulário de inscrição: http://goo.gl/forms/O69RdT3qvW

 

O segundo passo é montar a sua TBR (to-be-read / livros a serem lidos). Você pode montar da forma que quiser, maaas para deixar as coisas mais interessantes e legais, o Vitor fez um tema para cada uma das semanas, deixando as leituras mais variadas.

Os temas são:
• Semana 1: Fantasias, Distopias e/ou Ficção Científica
• Semana 2: Thriller, Suspense e/ou Terror
• Semana 3: YA Contemporâneo, Romance e/ou Drama
• Semana 4: Livros Nacionais

Além das semanas temáticas, vamos ter também novos desafios que contarão pontos para os sorteios:
• Um livro com figuras ou ilustrações
• Comece e/ou termine uma série, trilogia ou duologia
• Um livro que alguém escolheu por você
• Um livro que já virou ou vai virar uma adaptação cinematográfica
• Um livro com a capa azul
• Um livro do gênero que você menos leu ano passado
• Um livro que você ganhou
• Um livro com mais de 400 páginas

Super legal né… deem uma olhada nos vídeos:

 

Demorei um pouco pra decidir a minha TBR porque eu quis seguir as semanas temáticas e conseguir fazer alguns dos desafios propostos. Pedi algumas sugestões, fiz umas pesquisas, olhei os livros que já tinha em casa, e livros que estou com vontade de comprar e montei tudo bonitinho. Bom, eis aqui a minha TBR:

Para a primeira semana eu separei para ler “Rainha Vermelha”, uma fantasia que é lançamento da editora Seguinte e está fazendo muuuito sucesso. O livro é da autora Victoria Aveyard.

Para a segunda semana, vou ler “Dezessete Luas”, o segundo livro da série Beautiful Creatures, que por mais incrível que parece, é uma história de suspense e ficção de terror. Li o primeiro livro no meio do ano passado e estou super ansiosa pra ver como será a continuação dessa história.

Na terceira semana, irei ler “Noites de Tormenta” do Nicholas Sparks. Esse livro ta comigo desde o final do ano passado e ainda não li. E já que essa maratona é para ajudar a dar uma esvaziada na pilha de livros, bom, bora aproveitar né kkk.

Na mesma semana, também vou ler “Todo Dia”, do David Levithan. Só ouvi elogios desse livro e estou com grandes expectativas.

E para a quarta e ultima semana, separei “A Menina que Colecionava Borboletas”, da blogueira Bruna Vieira. Nunca tive vontade de ler os livros dela, ( eu nem acompanho o canal nem nada ), mas esse livro chamou minha atenção nos últimos meses e deu vontade de ler.

…e junto desses cinco livros, vou continuar minha leitura atual ( A Guerra dos Tronos, do George R. R. Martin ), e talvez, dependendo ai do meu desempenho, eu coloque mais um livro na ultima semana da Maratona.

Vou ficar atualizando meu avanço nas leituras pela página do blog no Facebook e também no meu Skoob.

 

E por hoje é isso pessoal!

Convido a todos vocês a tentarem participar também. Achei o máximo essa Maratona, e dá um super animo pra avançar nas leituras!

Beijinhos e até a próxima!!.

Hidratação Labial

Hey pessoas!

Essa época do ano o clima é bem seco, e a temperatura baixa, o que faz com que nossas bocas fiquem ressecadas e as vezes até machucadas. Então vim aqui hoje para compartilhar com vocês alguns produtinhos que uso para não deixar os lábios ressecados.

wpid-wp-1435415164528.jpeg

O primeiro produtinho que vou falar aqui é o protetor hidratante labial da Maybelline , os lips balms. Existem vários deles, em 6 cores: o roxo Peach Kiss ( que é o que eu tenho ), o amarelo Intense Care, rosa Pink Punch, verde Fresh Care, azul Hidra Care e o laranja Cherry Me.wpid-wp-1435415302971.jpeg

Esse produto mantém os lábios hidratados por até 8 horas e tira o aspecto ressecado bastante comum agora na época do frio. Sua composição tem centelha asiática, que favorece a produção de colágeno, reparando os lábios. Além disso, tem vitamina E, um antioxidante que nutre a pele, deixando-a mais firme e saudável. Você pode aplicar sempre que sentir necessidade de hidratá-los ao longo do dia.

Os lips balms com cor mais rosinha deixam os lábios com um pouco mais de cor, os demais só um brilho incolor.

Você encontra esse produto bem fácil, tem em farmácias, perfumarias

 

 

Em segundo, vou falar do hidratante labial da EOS, que eu não largo de jeito nenhum desde que comprei. Eu tenho de dois sabores, o de  Sweet Mint e o Honeysuckle Honeydew.  Ele é incolor e tem essa embalagem super fofa e diferente. E a sua forma redondinha facilita ainda mais a aplicação do produto.

wpid-wp-1435415170169.jpeg

O EOS é um hidratante labial com fórmula 100% natural. Ele conta com vitamina E, manteiga de karité e óleo de jojoba, além de proteção contra os raios UVA / UVB.

 

wpid-wp-1435415223904.jpeg

Um produto que estou usando bastante de um tempo pra cá é o Bepantol Derma Labial, possui alta concentração de dexpantenol (Pró-Vitamina B5), que estimula a renovação celular natural da pele e possui efeito reparador, hidratante e embelezador. Contém também, Vitamina-E, um poderoso antioxidante.

Eu uso esse produtinho quando meu lábio está bem rachado mesmo, e de preferencia quando vou dormir, pois mesmo ele sendo incolor, ele é mais grosso e grudento.

 

 

E lógico que não podia faltar o hidratante mais famoso de todos… a Manteiga de Cacau. Todo mundo já usou esse produto e vai continuar usando, eu mesma sempre tenho uma comigo. Podemos usar tanto agora no inverno quanto no verão. Ele não é lá tanta coisa, mas dá conta do recado. Encontramos em qualquer lugar, é bem baratinha e traz resultado.

wpid-wp-1435415271314.jpeg

 

 

Obvio que existem muitos outros hidratantes labiais por ai, numa variedade enorme. Contei aqui realmente só os que tenho em casa.

Espero que tenham gostado do post e que não deixem as bocas todas ressecadas e rachadas nesse inverno, ok?

 

 

Beijinho e até a próxima.

Trilogia Legend, da Marie Lu

Hey pessoas

 

Estou aqui hoje para falar para vocês sobre a minha experiencia com a Trilogia Legend.

Vi esses livros na ultima bienal de São Paulo, no stand da Editora Rocco. Na hora as capas chamaram a minha atenção, li as informações contidas na capa e já fiquei com vontade de lê-los.

wpid-wp-1435415727690.jpeg

A história é de autoria da chinesa Marie Lu. Ela se inspirou em escrever Legend enquanto assistia na TV a uma adaptação de Les Misérables e começou a se perguntar de que modo a relação de um famoso criminoso  e um prodigioso detetive  poderia ser representado em uma história mais contemporânea.

O primeiro livro da trilogia, “Legend – A Verdade se Tornará Lenda” foi lançado em outubro de 2012 (Edição Prumo)/Setembro de 2014 (Edição Rocco) aqui no Brasil, e ainda não é muito conhecido pelos leitores nacionais. O segundo é o “Prodigy — Os Opostos Perto do Caos”, e por ultimo temos “Champion — Do Caos e da Lenda Surgirá um Campeão”

wpid-wp-1435415749548.jpeg

Legend é uma distopia, onde vamos ver a cidade de Los Angeles em 2130 D.C., na atual República da América, conta a história de um rapaz – o criminoso mais procurado do país e de uma jovem a pupila mais promissora da República, cujos caminhos se cruzam quando o irmão desta é assassinado e a ela cabe a tarefa de capturar o responsável pelo crime.
Nascida em uma família de elite em um dos mais ricos setores da República, June é uma garota prodígio de 15 anos que está sendo preparada para o sucesso nos mais altos círculos militares da República. Nascido nas favelas, Day, de 15 anos, é o criminoso mais procurado do país; porém, suas motivações parecem não ser tão mal-intencionadas assim. De mundos diferentes, June e Day não têm motivos para se cruzarem – até o dia em que o irmão de June, Metias, é assassinado e Day se torna o principal suspeito. Preso num grande jogo de gato e rato, Day luta pela sobrevivência da sua família, enquanto June procura vingar a morte de Metias.

Nessa trilogia temos dois personagens que narram os acontecimentos, o Day e a June, sendo então cada capitulo de cada personagem. E nessa divisão dá pra ver o quão boa a autora é, pois sentimos a diferença de personalidades dos personagens, a visão que cada um tem, e então podemos compara-los e analisa-los. O legal também (pelo menos na versão física, não sei a digital) é que cada personagem tem sua própria fonte de texto, as letras mudam de acordo com o personagem que você está lendo.

wpid-wp-1435415771469.jpeg

Eu particularmente amei todos os livros. Eles tem uma ótima mistura de ação, politica e romance, o que deixa a leitura ainda melhor, porque você tem um pouco de cada coisa, e também consegue agradar uma variedade maior de leitores, por ter esse misto super bacana.

Achei tudo muito bem elaborado e incrível, os detalhes que a autora nos dá, os pensamentos dos personagens, as cenas de ação, a descrição dos lugares, tudo realmente muito bom… não imaginava que gostaria tanto assim da história.

Maaas, não consegui me envolver muito com os personagem como em “Jogos Vorazes” por exemplo. Eu amei tudo de verdade, mas não tive aquele amor sabe, de sofrer pra caramba (bom, no meu caso eu sofri bastante lendo Jogos Vorazes hahaha, amor eterno pelo Peeta, e o Finnick), mas acabei deixando algumas poucas lágrimas rolarem no ultimo livro.

wpid-wp-1435415784591.jpeg

Na minha opinião esses livros DEVEM virar filmes. Certeza de que daria uma ótima adaptação literária, fico imaginando a fotografia, as roupas dos personagens, as cenas de guerra, os atores que eles escolheriam para interpretar, TUDO.

Acho que não há duvida de que recomendo essa leitura pra vocês, vale muito a experiencia… já conversei com pessoas que tem essa trilogia como favorita viu kkk

Quem já leu, please, comente aqui e fale o que achou.. ta difícil encontrar pessoas que tenham lido, ou que conheçam os livros.

 

E é isso pessoal, espero que tenham gostado do post e que leiam essa trilogia, porque é muito boa hahaha.

Adaptações Literárias | John Green

Hey pessoas !!

 

Certeza de que vocês sabem quem é o John Green, ou pelo menos já ouviram falar nele alguma vez. Ele é um dos escritores norte-americanos mais queridos pelo público jovem e igualmente festejado pelo critica.
John agora é super conhecido aqui no Brasil e suas obras são um verdadeiro sucesso, mesmo com muitos leitores não gostando muito do estilo de escrita dele.

Pra vocês verem o quanto suas obras estão fazendo sucesso, estão adaptando-as para o cinema. Já temos “A Culpa é das Estrelas”, que foi lançado em junho do ano passado. Foi a maior febre, todo mundo só falava desse filme, e do livro que até cansou hahaha…. e em breve teremos a adaptação de “Cidades de Papel”, que estreia agora, 9 de julho. (vou até deixar o trailer aqui pra vocês darem uma olhada)

wpid-wp-1427290706832.jpeg

A sua primeira obra “Quem é você, Alasca?”, lançada em 2005, tem seus direitos comprados pela Paramount Pictures há nove anos, porém o interesse de transformar o livro em filme nunca havia sido o suficiente para tirá-lo do papel. Mas agora, com o sucesso de ‘A Culpa é das Estrelas’ e ‘Cidades de Papel’ já para ser lançado, ele também virará filme.

E essa semana mesmo, divulgaram que “Deixe a Neve Cair”, livro do John Green com Maureen Johnson e Lauren Myracle também irá para as telinhas. A Universal divulgou a data prevista para o lançamento nos Estados Unidos no dia 9 de dezembro de 2016.

wpid-wp-1427290591004.jpeg

Estou super empolgada com tudo isso. Amo o John Green e já amei a primeira adaptação para o cinema. Fiz até um post aqui no blog, contando minha experiencia com cada uma das obras ( Especial John Green )

Eu achei o máximo estarem fazendo isso, os livros do John são ótimos para virarem filme, eu li todos imaginando como seria se tivessem adaptações. Estou muito ansiosa para conferir como serão os próximos filmes, e torço para que o John escreva mais também.

 

Por hoje foi isso pessoal, beijinhos e até a próxima!.

 

Favoritos de Maio

Hey pessoas,

Maio se foi e estamos em Junho… então está na hora de falar quais foram os meus favoritos do mês.

Bom, como disse no ultimo post, são seis categorias, e vou segui-las sempre, ok? Bora lá?

1. Filme

Não assisti muitos filmes esse mês, e dos que assisti, nenhum foi tão bom para estar aqui no post, então essa categoria vai ficar sem nada dessa vez.

2. Seriado

wpid-wp-1433429923254.jpeg

Mesmo com Game of Thrones ter voltado, meu seriado favorito continua sendo Grey’s Anatomy.

Quem acompanha aqui o Hey, Little J, sabe da minha história com esse seriado, estou no momento assistindo a oitava temporada e amando mais que tudo!!!

3. Livro 

wpid-img_20150512_205946.jpg

Bom, nesse mês tivemos a continuação da série A Seleção, com o livro A Herdeira.

Eu esperei taaanto pra esse lançamento, estava tão curiosa e animada… então nenhum outro livro poderia estar aqui sem ser A Herdeira.

Fiz um post pra esse livro, quem quiser conferir é só clicar no link. >> https://heylittlej.wordpress.com/2015/05/14/a-herdeira-da-kiera-cass/

4. Música

Duas músicas que curti muito no mês de Maio foram: Sugar, do Maroon 5, e também Jealous, do Nick Jonas.

Também ouvi muuuito uma música antiga do Eminem, não sei bem o porque, só deu saudade.. a Shake That. A batida é muito boa.

5. Cosmético

wpid-wp-1433429927412.jpeg

O favorito da vez é o creme de hidratação de cabelo da Aussie, mas não é aquele que praticamente todo mundo usa, o Moist.. eu estou usando agora o Smooth.

Eu gostei bastante dele, hidratou super bem meu cabelo, o que me agradou muito, achei até que ele deu mais resultado do que o outro.

6. YouTuber

Esse mês foi bem corrido e não tive muito tempo pra acompanhar meus youtubers queridos, mas dois que eu fiz questão de acompanhar, não só por gostar deles, mas pelo tempo dos videos também, foi a Danielle Noce e o Mundo Paralelo. 

Claro que assisti videos de muitos outros, mas esses dois se destacaram um pouco pra mim.

E esses foram os meus Favoritos do mês de Maio, espero que tenham gostado.

Comentem aqui quais foram o de vocês!

Beijinhos e até a próxima!!.

Maze Runner, do James Dashner

Hey pessoas!

 

Terminei de ler a série Maze Runner do autor James Dashner e estou aqui pra contar pra vocês como foi a minha experiencia.

wpid-wp-1432997416283.jpeg

Quem acompanha o blog sabe que comecei a ler “Correr ou Morrer” logo no inicio do ano. Eu estava super empolgada, pois tinha assistido o filme no cinema e não conseguia aguentar de tanta curiosidade pra saber mais sobre essa história. Até meu namorado gostou do filme e ficou interessado em ler os livros.

 

‘Correr ou Morrer’ foi o livro que li mais entusiasmada, eu queria ver as diferenças que tinha em relação ao filme.

 Ao acordar dentro de um escuro elevador em movimento, a única coisa que Thomas consegue lembrar é de seu nome. Sua memória está completamente apagada. Mas ele não está sozinho. Quando a caixa metálica chega a seu destino e as portas se abrem, Thomas se vê rodeado por garotos que o acolhem e o apresentam ‘A Clareira’, um espaço aberto cercado por muros gigantescos. Assim como Thomas, nenhum deles sabe como foi parar ali, nem por quê. Sabem apenas que todas as manhãs as portas de pedra do Labirinto que os cerca se abrem, e, à noite, se fecham. E que a cada trinta dias um novo garoto é entregue pelo elevador. Porém, um fato altera de forma radical a rotina do lugar – chega uma garota, a primeira enviada à Clareira. E mais surpreendente ainda é a mensagem que ela traz consigo. Thomas será mais importante do que imagina, mas para isso terá de descobrir os sombrios segredos guardados em sua mente e correr… correr muito.

wpid-dsc_6589.jpg

Minha leitura foi bem leve e rápida. Eu já tinha todos os personagens prontinhos na minha cabeça e o cenário também, então é muito mais fácil você acompanhar os acontecimentos e se familiarizar com tudo. Tá certo que eu já sabia de tudo o que iria acontecer, mas mesmo assim eu tive a sensação de que estava tendo novas experiencias, sem falar que os livros seeempre trazem mais coisas do que os filmes.

Nas partes mais de ação, eu lia escutando a música “Nightmare”, do Arshad, o que deixou tudo mais emocionante.

Eu achei o primeiro livro realmente muito bom, e soube que essa série prometia muita coisa. A forma com que o autor nos deixa sem saber das coisas, assim como os próprios personagem, é uma ótima jogada, pois isso estimula a nossa curiosidade, e faz com que queiramos que o livro se adiante para sabermos os segredos dessa história.

 

 

‘Prova de Fogo’ é o segundo livro dessa série, e continua tão bom quanto o primeiro. A gente acha que tudo vai ficar bem, e que os personagem estão finalmente a salvo, mas não… as aventuras do primeiro livro foram só o inicio de muitas coisas que ainda estão por vir.

wpid-wp-1432997395996.jpeg

O segundo livro também me deixou bem animada. Thomas e os outros estão novamente em uma situação muito dificil, que vai decidir quem conseguirá sobreviver. Em um cenário diferente, eles terão que ser rápidos e inteligentes para viver mais um dia.

Temos novos personagens nessa continuação, o que pode agradar ou não agradar ao mesmo tempo. Eu, particularmente, gostei.

Ainda continuei sem saber muita coisa a respeito do motivo pelo qual os personagens estão passando por toda essa situação ( o autor não nos informa quase nada ), e isso deixa o livro ainda mais interessante, porque você quer descobrir o porque de todos esses acontecimentos.

…gente, e acontece cada coisa, que você fica puto de raiva, sério. Nunca sabemos em que podemos confiar de verdade.

 

 

O terceiro livro, ‘A Cura Mortal’, foi o livro mais calmo da série na minha opinião, e o mais chatinho também. Ele não traz toda a emoção que temos nos outros dois, e é meio tedioso.

Muitas coisas são esclarecidas, mas mesmo assim, nunca sabemos o suficiente. É muita gente envolvida.

wpid-wp-1432997403450.jpeg

Não vou conseguir falar muita coisa desse livro porque fiquei nervosa, o Thomas é muito burro. hahaha, pois é gente. E o que mais frustou de certa forma foi o final. Não que eu não tenha gostado do que o autor fez, eu achei que foi ótimo e que era o mais certo de acontecer. Porém, tudo aconteceu muito, muito rápido, parece que o autor quis correr com tudo, tiveram coisas muito importantes que aconteceram e que passaram muito rápido, não tiveram o impacto nem o espaço que mereciam. A sensação que dá é de que o autor deu o final pra outra pessoas escrever. Super chato isso, mas ok.

 

 

O quarto livro, ‘Ordem de Extermínio’, foi uma experiencia diferente pra mim. Primeiro porque eu esperava uma coisa COMPLETAMENTE diferente desse livro, e o 1/4 da história eu não estava entendendo onde o James queria chegar.

( Vou deixar uma coisa bem clara, para que vocês não leiam com as mesmas expectativas que eu… esse livro não é uma continuação de ‘Cura Mortal’, e eu não fazia ideia disso. ‘Ordem de Extermínio’ é tipo um MEGA bônus desse mundo que o James criou. )

wpid-wp-1432997408815.jpeg

Quando passei pro 2/4 ainda não entendia o objetivo do autor, mas comecei a me envolver com a história e minha leitura foi melhorando. E então, a partir do 3/4 eu estava adorando o livro, ele me mostrou tantas coisas, explicou tanto. Eu me senti realmente envolvida, e minha leitura se tornou mais rápida.

Esse livro nos dá uma visão muito boa sobre muitos dos segredos e coisas mal explicadas que estão presentes nos outros três livros, e isso me deixou muito satisfeita.

Não há duvida de que o autor desenvolveu uma visão futurística muito boa, achei tudo bem convincente e realista, e repleto de detalhes ( que podemos observar um pouquinho em cada um dos livros ).

O final me agradou muito, foi racional e emocional ao mesmo tempo, o que é o máximo, pois o autor fez um equilíbrio.

 

 

 

Por mais que eu não tenha gostado tanto do terceiro livro, e que fui com expectativas completamente erradas para o quarto,  acho essa série ótima, foi uma boa experiencia ter realizado essa leitura, e essa história vai ficar comigo pra sempre.

Quem gostou do filme, é super válido ler, de verdade.

 

…e é isso pessoal! Bom final de semana pra vocês!